POESIAS E CONTOS

Mãe

Luiz Coronel

 
Mãe, peixe sim, peixe fui em teu aquário 
Pássaro implume em teu ninho.
Cordeiro em teu estábulo

Ah, esse aroma de Favos de teu colo,
incenso em minha infância...
A Grande Fada transforma em riso o grito
descoberta do mundo

Mãe é flor na sala,
lençóis limpos e mesa pronta.
A Mãe batiza os objetos.
A jarra de água fresca, as toalhas, o termômetro.

A Mãe espera até que a aurora
entregue o pão e o leite no portal.

Eis a Mãe, com seus presságios e sobremesas...
Eis o Filho, guardião de uma esperança de amor
protegida à sete chaves
lá, onde residem as mais cálidas lembranças
e os máis ásperos segredos...
 

Luiz Coronel, Porto Alegre, RS


página principal          menu de poesias/contos









Direitos Autorais