Elisabete Ap. Giorgiani
São Paulo, SP

Dois Partos Diferentes


 

Tive meu primeiro filho aos 26 anos e plena atividade profissional sem muito tempo para dedicar-me a gestação e a preparação para o parto. Depois de 9 meses com o meu médico falando que deveria me preparar para o parto cheguei ao dia da parto quando ao meio da tarde caiu o tampão (dia 04/11/1996) às 14h30 começando o trabalho de parto, às 05H30 do dia 05/11/1996 já estava com contrações em 5 em 5 minutos fomos para maternidade, às 06H00 chegou meu médico, assim que olhei para ele pedi desesperadamente uma cesariana, mesmo que no fundo não era isto que eu queria e se ele acatasse o que estava dizendo eu ficaria depois muito frustada, e ele com todo a calma e tranqüilidade conversou comigo deixou-me mais calma.

No quarto tomei um tranqüilizante e dormi até que tivesse dilatação suficiente para que o Vitor nascesse, e, às 15H30 o deste dia o Vitor nasceu depois da ajuda do médico pois não suportei a dores e tomei anestesia, meu marido acompanhou cada minuto, o Vitor pesava 3k790g e tinha 52 cm, um meninão.

Agora, depois de 5 anos e meio resolvi ter meu segundo filho. A minha preparação foi fazer durante a gestação TaiChi Chuan e massagens semanalmente, nas aulas de Taichi aprendia como respirar e renovava as energias, a cada aula que freqüentava eu saia mais tranqüila e conseguia até levar esta tranqüilidade para minha casa, como se eu trocasse minhas energias e as energias de minha família.

Nas Massagens a Irene, massagista oriental, pegava em um ponto onde eu deveria superar a dor com mentalização e respiração correta. Bom depois de toda esta dedicação entrei em trabalho de parto no dia 19/08/2002 às 6H05 quando caiu o tampão neste dia às 14H20 começaram as contrações mais fortes, eu comecei utilizando a banheira com água ao redor de 38 graus fazendo com que as contrações ficassem mais suaves, utilizei a banheira até às 22H00 quando as contrações começaram a ser em 4 e 4 minutos, fomos para a maternidade, meu médico Dr. Jorge Kuhn dos Santos chegou aproximadamente às 23H00, pois estávamos o tempo todo pelo telefone em contato durante o período que fiquei em minha casa, na maternidade continuei dentro da água utilizando banheira. Saí quando o Lucas estava já para nascer, tive fora da aguá somente 3 contrações que foram bastante fortes e às 01H35 o Lucas nasceu sem nenhuma anestesia e com a ajuda de seu pai, que o tempo todo esteve ao meu lado dando-me apoio ajudando nas anotações de horários das contrações e auxiliando durante o parto, ele cortou o cardão e deu o primeiro banho.

Realmente foram duas experiências inesquecíveis que tive. Elas se completam pois se não fosse o primeiro parto como foi, eu não teria tido a força e determinação que tive no segundo parto. Agradeço ao meu médico que esteve a cada contração participando ativamente e curtindo junto com a gente. Agradeço em especial ao meu marido que além de ser um pai presente é um marido especial, pois enfretou junto comigo esta escalada para que este parto fosse assim, e a cada dia que mesmo cansado do trabalho, me levando e buscando no Taichi e na massagem pois eu não dirigia mais.. a barriga estava grande.

Meu médico sempre disse que se me preparasse bem, com algum tipo de ajuda oriental tipo Yoga, Tai chi, etc... que faria um parto sem muitas dores e prozeroso, não acreditava muito, porém ele deu-me um livro, nesta segunda gestação, que se chama MANUAL PARA GRÁVIDAS, neste livro há todo tipo de preparação para um parto depois de lê-lo comecei no ultimo trimestre a fazer tai chi e massagem oriental e o meu segundo parto foi realmente prazeroso. A importância de se preparar para um parto normal é tão grande que hoje quando uma pessoa me fala, quero ter parto normal, já de cara eu falo, se prepare para ter realmente um parto normal prazeroso fazendo Tai Chi, Yoga, massagem etc...

Elisabete Ap. Giorgiani
E-mail: gioreste@ig.com.br
São Paulo, SP

página principal          menu de depoimentos


Direitos Autorais