Simone Koolen
Bergen op Zoom, Holanda


Parto Normal Hospitalar Induzido

 

Gostaria muito de dividir minha experiência de ter tido meu filho Guilherme aqui na Holanda, com um parto tranquilo e humanizado e de alguma forma ajudar à aquelas que ainda se sentem inseguras longe da fria sala de parto, e da invasiva cesárea.

Bom, tive meu parto na Holanda, com o meu marido todo o tempo do meu lado, minha escolha foi ter o primeiro filho no hospital, e não em casa, como a maioria das mulheres daqui. Como meu filho Guilherme, estava adorando meu útero, meu parto foi induzido 10 dias depois da data prevista, induzido com aplicação de um gel-hormônio que ajuda a provocar as contrações. Em nenhum momento foi utilizado nenhuma espécie de soro, ou sedativos para aliviar as dores.

Fui internada ás 8 hrs da manhã no dia 26 e as dores comecaram por volta das 22hrs. Durante toda a madrugada deitei umas tres vezes na banheira, caminhei no quarto, sempre com a presença do meu marido, que meajudou e tranquilizou muito neste momento. As parteiras vinham controlar o progresso e dar umas palavras de apoio, nao permaneceram todo o tempo no quarto não. O quarto estava na penumbra, e tinha como opção levar cds com musicas preferidas.

De manhã quando as dores eram mais fortes, as parteiras ajudaram, e estiveram todo o tempo ajudando, segurando minhas pernas, sentei numa cadeira sem assento e que permitia que eu olhasse a cabecinha do Gui, pelo espelho colocado pela parteira. Em nenhum monento fizeram lavagem, ou me depilaram. Durante todo o trabalho de parto bebi água, e me ofereceram comida, mas não conseguia comer. Logo que o Gui nasceu, veio diretamente no meu peito e ficamos assim longo 10 minutos, nos conhecendo, jamais esquecerei o cheiro dele, quando veio aos meus braços pela primeira vez. E os olhinhos entre curiosos e assustados. Tomei ducha sozinha, e no final da tarde já tive alta para ir pra casa.

Chegando em casa tive a ajuda de uma enfermeira durante 8 dias, entre as tarefas domésticas e ajuda com o baby. Senti muitas odres nas costas, logo depois que a Adrenalina esfriou, ou seja, fui sentir toda a dor mesmo no domingo, dores horríveis nas costas, mas fora isso a recuperação foi relativamente rápida. Com 20 dias de nascido, fizemos uma viagem de carro até Paris, para um fim de semana, com a avó dele que veio especialmente do Brasil para conhecê-lo.

Andei muito, quase não tive uma dieta especial. Fiz tudo o que tinha que fazer depois de 8 dias. Meu filho é muito saudável, nasceu com 53cm, e 3570kg. E hoje com 3 meses e meio esta com 6,800kg e 64 cm, já tomou as vacinas e não teve sequer febre. Até hoje, graças a Deus.

Simone Koolen
E-mail: jjmkoolen@home.nl
Cidade: Bergen op Zoom, Holanda

página principal          menu de depoimentos






Direitos Autorais