RECUPERANDO-SE DE UMA CESARIANA

ICAN - International Cesarean Awareness Network


 

Dicas de recuperação

O parto cesáreo é uma cirurgia abdominal de grande porte . As novas mamães precisam e merecem ter um apoio a mais durante esse período especial de parto e recuperação . Cada mulher que passa por uma cesariana, planejada ou não, reage à cirurgia de uma forma diferente. Algumas mulheres se recuperam fisicamente com muita rapidez, outras relatam que a recuperação levou semanas e até meses. Evite colocar-se limites de tempo. Emocionalmente, os sentimentos das mulheres em relação à cesárea variam em amplitude, desde aceitação até decepção ou profunda tristeza. Algumas mulheres necessitam do suporte emocional tanto quanto do suporte físico para uma recuperação saudável. Cada mulher se recupera e assume seu novo papel de maternidade em seu próprio ritmo. Com tempo, você retomará seu nível de energia e sensação de bem-estar.

Para Aliviar a Dor e Ajudar na Recuperação Física

No Hospital

  • Solicite assistência física, e mantenha o botão para chamar as enfermeiras em fácil alcance.
  • Tome medicação para dor o quanto for necessário para seu conforto. Tente evitar medicações para dor que contenham codeína pois estas causam constipação, tornando difícil evacuar depois da cirurgia.
  • Se possível, consiga um quarto privativo para que alguém da família possa ficar com você.
  • Use travesseiros para apoiar seu abdome quando virar-se, sentar-se, tossir, e quando amamentar o bebê.
  • Descanse tanto quanto possível e limite as visitas. Durma quando o bebê dormir.
  • Balance-se numa cadeira de balanço assim que possível depois da cirurgia - para acelerar a recuperação e reduzir os gases.
  • Faça pequenas caminhadas.
  • Coma alimentos nutritivos e beba muito líqüido. Evite bebidas geladas e gasosas.
  • A cirurgia irá deixar seu trato digestivo lento. Para ajudar na constipação, tente um composto a base de fibras, não um laxativo.
  • Cada vez que se colocar de pé depois da cirurgia, alongue-se para descomprimir os músculos estomacais e reduzir as aderências.

Em casa

  • Tenha vários locais organizados para a troca de fraldas assim poderá trocar seu bebê mais facilmente.
  • Deixe outras pessoas fazerem os serviços domésticos como cozinhar, limpar e lavar roupas.
  • Examine a incisão diariamente, ou peça para alguém fazê-lo, atentando para vermelhidão, que pode ser sinal de infecção.
  • Tenha uma lista das coisas a serem feitas, assim quando as pessoas perguntarem, você pode se lembrar do que precisa ser feito.
  • Cuide somente de você mesma e de seu bebê.
    Lembre-se de não levantar nada mais pesado do que seu bebê.
  • Fique de roupas de dormir, assim as pessoas se lembrarão que você está se recuperando de um parto e uma cirurgia.
  • Por outro lado, algumas vezes tomar banho e vestir-se realmente faz maravilhas psicologicamente.
  • Mesmo no hospital, vestir suas próprias roupas pode ajudar.
  • Mantenha o bebê perto de você durante a noite assim não precisará levantar-se.
  • Tenha uma cesta que você pode carregar facilmente com lanchinhos nutritivos, kit para unhas, loção hidratante, um livro e outras pequenas coisas necessárias.
  • Coma bem e beba água abundantemente. Tenha uma jarra de água ou suco perto de você.
  • Se você tem outros filhos, peça assistência de familiares e amigos para cuidar deles.
  • Aumente as atividades gradualmente.

Para estimular a recuperação emocional

  • Mantenha seu bebê próximo de você tanto quanto possível e esforce-se para conhecer seu novo bebê.
  • Amamente seu bebê para estimular os laços afetivos e liberar hormônios maternais benéficos.
  • Compartilhe seus sentimentos com outras pessoas e fale sobre sua recuperação tanto quanto sentir necessário.
  • É normal experimentar uma grande gama de emoções incluindo alívio, alegria, tristeza, raiva e sentimentos de perda ou fracasso.
  • Escreva a história do nascimento do seu bebê.
    Escreva cartas para o hospital e seu médico, explicando o que você gostou e não gostou no seu parto - você pode enviá-las ou não, mas pode ser muito útil colocar seus pensamentos no papel.
  • Busque ajuda de fontes disponíveis tais como grupos de apoio à amamentação, a pais e a mulheres que passaram por cesarianas (N.T.: Grupo Origem, Amigas do Peito, Amigas do Parto).
  • Leia livros sobre parto natural, parto cirúrgico e parto vaginal depois de cesárea (VBAC em inglês). Há muitas razões pelas quais um parto pode ter terminado em uma cesárea. Se planeja ter mais filhos, é importante saber que é muito provável que você possa ter um parto normal da próxima vez. Quando estiver pronta para informar-se sobre VBAC, o ICAN (N.T.: no Brasil procure as Amigas do Parto) pode ajudá-la a encontrar a informação e o apoio que precisa.

   

Traduzido por Ana Carolina Fortes para Amigas do Parto.
Publicado sob licença da ICAN
 
ICAN - International Cesarean Awareness Network
1304 Kingsdale Ave, Redondo Beach, CA 90278 (310)542-6400

Site:
www.ican-online.org

e-mail: info@ican-online.org


página principal          menu de artigos


Direitos Autorais